___________Tite projeta duelo diferente contra o Peru e não revela time titular
07/07/19 as 10:29 pm
Ver Notícia

A primeira vez de Tite no Maracanã como técnico da Seleção Brasileira vai ser especial. Pelo menos é assim que o treinador imagina na véspera de encarar o Peru, neste domingo (7), às 17h, pela final da Copa América 2019. Na última entrevista antes da partida, o treinador usou do bom humor para dizer como se sente em sua primeira decisão pela Seleção Brasileira.

"Oito mais cinco é igual a 13, 58 anos que eu tenho... Tomara que eu tenha a sorte de Zagalo. Mestre, um cara iluminado. Tomara que eu tenha um pouco da luz dele", disse Tite em sua primeira resposta.

Logo depois, ele discorreu um pouco mais sobre o assunto. Para o treinador, o duelo contra os peruanos vai ser bem diferente do que foi na primeira fase, quando o Brasil goleou por 5x0, na Arena do Corinthians.

"Os jogos são muito diferentes e tem duas equipes que mereceram chegar à final. No momento que enfrentamos o Peru nós não vimos o desempenho que a gente queria, o placar foi excessivamente elástico. O peru sentiu aquele jogo e retomou. Amanhã, quem merecer mais vai levar. Isso tá nos fatores técnicos, emocionais. Tudo isso", explicou.

Por esse motivo, Tite afirma que está preparando o time para todas as circunstâncias, inclusive sair atrás no placar. O Brasil não sofreu gols em toda a Copa América e chega à final tentando igualar a Colômbia de 2001, única equipe na história na vencer o torneio sem ser vazado.

"Temos que nos preparar para todas as circunstâncias, inclusive sair atrás. O jogo tem 90 minutos e os acréscimos. Isso vai decidir. Você tem que estar preparado. Pode sair atrás? Pode. Aí tem que continuar jogando bem. Se sair na frente, tem que continuar produzindo. Dentro de uma ideia de futebol. Quando você atinge isso está perto da excelência", explicou.

Ausência de Neymar
Outro ponto tocado por Tite na entrevista foi a ausência de Neymar. O jogador do PSG foi cortado durante a preparação por conta de uma lesão no tornozelo. Questionado sobre a falta que o camisa 10 faz, o treinador tratou de exaltar o atacante, mas lembrou que o coletivo brasileiro está reagindo muito bem sem a sua principal referência técnica.

“Se o maior do mundo saiu na Copa de 1962, machucou, todos os outros... Não é desmerecimento a Neymar, Cristiano Ronaldo, Messi. Neymar é diferenciado, top 3. Ele em condições normais faz coisas com uma velocidade impressionante. Mas o conjunto precisa estar forte. Aí aparece o Neymar aparece o Cebolinha, o David Neres”, disse.

Mistério
Diferente do que faz antes de alguns jogos, Tite adotou o silêncio sobre o time que vai começar a partida contra os peruanos. A principal dúvida está na lateral esquerda. Titular durante toda a Copa América, Filipe Luís não atuou na semifinal contra a Argentina e segue como dúvida.  

Caso Filipe não entre em campo, Alex Sandro será o titular. "Respeito todos vocês, mas prefiro fazer assim. Amanhã, uma hora antes, todos vocês vão saber", resumiu o treinador.

Fonte: correio24horas.com.br


 

Todo Direito Reservado a AP-STUDIO PRODUÇÕES E EVENTOS

Trav. Afranio Peixoto 32C - Auto da Cruz
Camaçari - BA
CEP: 42808-070

71.3040-4147
diretoria@camacarifm.com.br