Globo confirma denúncia de assédio contra Caio Blat em O Sétimo Guardião
15/05/19 as 10:27 pm
Ver Notcia

Após toda a polêmica envolvendo o caso José Loreto, a novela O Sétimo Guardião está às voltas de mais um problema envolvendo o elenco. Desta vez, uma atriz acusa o colega Caio Blat de assédio sexual. De acordo com o jornalista Leo Dias, do programa Fofocalizando (SBT), a acusação é de uma das "estrelas" da trama, que não teve o nome divulgado. Apesar disso, segundo ele, a assessoria de imprensa da artista confirmou a informação.

Os representantes da atriz teriam explicado que não apenas ela, como outras do folhetim das 21h, já teriam passado maus bocados com Blat, que namora a atriz Luisa Arraes, a Manuela de Segundo Sol (2018).

A Globo confirmou, em nota oficial, as denúncias da famosa, e informou que “todo o relato que diz respeito à emissora está sendo apurado. A ouvidoria da empresa já foi acionada”.

Leo Dias não revelou quando a situação teria ocorrido. No entanto, ainda de acordo com o jornalista, o comportamento de Blat já teria irritado muita gente que trabalha na novela. Isso porque fontes teriam revelado que o global já até pichou um estúdio da Globo no início das gravações.

No último dia 7, ele promoveu uma festa de confraternização em sua casa, convidando todo o elenco. A atriz citada, porém, teria alertado as colegas de trabalho a respeito do rapaz, dizendo que ele já assediou outras atrizes além dela.

O jornalista explicou ainda que a Globo não aprovou a demora da atriz em revelar a situação. Procurada, a empresa que gerencia a carreira de Blat não se comentou o caso.

Blat defendeu outro ator acusado de assédio
Há dois anos, Caio Blat saiu em defesa do companheiro de gravações José Mayer, após uma denúncia de assédio sexual feita pela figurinista Su Tonani, que terminou com o afastamento de Mayer das novelas da TV Globo.

Na ocasião, Blat defendeu que a punição não era justa e ainda citou a carta divulgada por José Mayer, na qual ele afirma que errou.

“Não estou sabendo dessa decisão de afastá-lo, mas não acho certa”, disse o Blat, na ocasião.

“José Mayer é uma pessoa que a gente conhece. A declaração que ele deu foi brilhante. A forma como ele se colocou foi perfeita. Ele não representa ameaça a ninguém. Fez uma brincadeira fora de tom, e na presença de outras pessoas. Não houve intimidação”, continuou. 

Blat chegou a ser questionado sobre o que pensaria se a situação tivesse ocorrido com a sua esposa na época, a também atriz Maria Ribeiro, e afirmou que isso faz parte da cultura e hierarquia.

“A Maria passa por isso diversas vezes, me conta. Ainda faz parte da nossa cultura. Ainda mais quando existe uma relação hierárquica. Existe essa tomada de consciência e a mobilização de hoje foi importante. Uma brincadeira que talvez as pessoas estejam acostumadas porque sempre foi assim. A campanha foi muito legal, todo mundo se engajando. Existe essa questão de outras gerações”, complementou.

A denúncia da figurinista, então com 28 anos, dava conta que os assédios de Mayer haviam começado oito meses antes, nos bastidores da novela A Lei do Amor. No primeiro momento, José Mayer negou as acusações, mas depois admitiu ter cometido o assédio.

Fonte: correio24horas.com.br


 

Todo Direito Reservado a AP-STUDIO PRODUÇÕES E EVENTOS

Trav. Afranio Peixoto 32C - Auto da Cruz
Camaçari - BA
CEP: 42808-070

71.3040-4147
diretoria@camacarifm.com.br