Bahia vence a Chapecoense, quebra tabu e se afasta do Z-4 do Brasileirão E Vitória sai atrás, mas empata fora de casa com o Paraná
04/11/18 as 09:43 pm
Ver Notcia

 

.

 

.

 

.

 

.

 

 

.

 

 

BAHIA:

Quem foi à Arena Fonte Nova neste domingo (4) viu o Bahia quebrar o tabu contra a Chapecoense. Pela primeira vez em jogos oficiais, o Tricolor de Aço venceu o clube catarinense. Até então eram cinco partidas, com três derrotas e dois empates. Élber marcou o gol do triunfo por 1 a 0, válido pela 32ª rodada do Brasileirão. De quebra, o Esquadrão se distanciou do Z-4 da competição.

Com o triunfo, o Bahia subiu para a 11ª colocação com 40 pontos. Os comandados de Enderson Moreira voltam a campo no próximo domingo (11) para o clássico contra o Vitória, às 16h (horário de Salvador), no Barradão, pela 33ª rodada do Brasileirão.

O JOGO

O Bahia iniciou marcando alto. Com menos de dois minutos, Ramires apertou o goleiro Jandrei que tocou nos pés de Edigar Junio, mas o camisa 11 finalizou em cima do arqueiro do time catarinense. Aos seis, Bruno Pacheco afastou mal, Gregore chutou firme de fora obrigando Jandrei a fazer grande defesa. No rebote, Edigar Junio estava livre e sem goleiro, mas chutou para fora. O Bahia voltou a assustar aos 12. Ramires e Léo fizeram boa jogada pela esquerda, o lateral cruzou rasteiro para Zé Rafael, que dentro da área, finalizou para fora.  

O Bahia quase abriu o placar aos 28. Ramires cobrou escanteio perigoso, a bola chegou a Zé Rafael, que dentro da pequena área completou, mas a bola bateu em Edigar Junio e não entrou. Aos 34 foi a vez da Chapecoense assustar. Bruno Pacheco cobrou falta e obrigou Douglas a defender. Aos 42, Canteros enfiou linda bola para Leandro Pereira, o atacante ficou cara a cara com o goleiro Douglas, mas chutou para fora. No lance seguinte, de novo o camisa 17 da Chape. Ele recebeu de fora da área, chutou firme de canhota e explodiu a trave do Tricolor. 

Segundo tempo

Após início de segunda etapa lento, o Bahia abriu o placar aos 21. Zé Rafael recebeu na direita, foi limpando para dentro e achou Élber livre na esquerda, que com um lindo tapa, colocou a bola no canto do goleiro Jandrei.

Aos 39, Nino Cruzou, Ramires desviou e acabou atrapalhando Junior Brumado, que finalizou de joelho para Jandrei defender. 
 

FICHA TÉCNICA
Bahia x Chapecoense
Campeonato Brasileiro - 32ª rodada 

Local: Arena Fonte Nova
Data: 04/11/2018
Horário: 18h (horário de Salvador)
Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza (SP)
Assistentes: Alex Ang Ribeiro e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo (ambos de SP)
Adicionais: Marcio Henrique de Gois e Jose Claudio Rocha Filho (ambos de SP)
Cartões amarelo: Lucas Fonseca (Bahia) 
Gol: Élber (Bahia)

Bahia: Douglas; Nino Paraíba, Jackson, Lucas Fonseca (Douglas Grolli) e Léo; Gregore e Nilton; Élber (Flávio), Ramires e Zé Rafael; Edigar Junio (Junior Brumado). Técnico: Enderson Moreira. 

Chapecoense: Jandrei; Eduardo, Fabricio Bruno, Douglas e Bruno Pacheco; Amaral, Barreto (Bruno Silva) e Canteros (Yann); Osman (Doffo), Wellington Paulista e Leandro Pereira. Técnico: Claudinei Oliveira.

VITÒRIA:

O Vitória ficou no empate em 1 a 1 com o Paraná, neste domingo (4), no Estádio Durival Britto, em Curitiba (PR). Alex Santana abriu o placar para os donos da casa, enquanto Léo Ceará igualou na etapa final.

Com o resultado, o Vitória chegou aos 34 pontos e subiu para a 16ª posição. Porém, o time rubro-negro terá que aguardar o complemento da rodada para conhecer a sua colocação.

O Vitória volta a campo no próximo domingo (11) para encarar o arquirrival Bahia, às 16h (horário de Salvador), no Barradão, válido pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro.
 

O JOGO

A partida começou bastante movimentada com as duas equipes buscando o jogo. Antes do cronômetro marcar o primeiro minuto, o Paraná quase abriu placar. Jhonny rolou para o meio da área, e Alex Santana bateu forte. A bola explodiu no travessão.

Aos quatro minutos, Marcelo Benítez invadiu a área do Paraná e acionou Rodrigo Andrade. Ele chutou, mas René fez a interceptação.

O Vitória teve maior posse de bola no primeiro tempo, mas pecou nas conclusões e não conseguiu inaugurar o marcador. 

Segundo tempo

O Vitória entrou na etapa final com um ritmo mais intenso. Aos quatro, Benítez cobrou falta na área do Paraná, Aderllan conseguiu cabecear, mas Richard defendeu com tranquilidade.

Aos sete, Erick perdeu uma grande chance para o Vitória. Ele recebeu dentro da área, driblou o marcador, e sozinho com Richard, chutou para fora.

No entanto, apesar do ritmo intenso do Vitória, o time rubro-negro deu espaços para o Paraná. Aos 13, Alex Santana recebeu bom passe e chutou na saída de Ronaldo e a bola foi parar no fundo das redes.  

O Vitória não se abalou com o gol sofrido e continuou pressionando. Aos 37, após cobrança de escanteio, Léo Ceará subiu mais que todo mundo e empatou o duelo.

FICHA TÉCNICA
Paraná 1x 1 Vitória
Campeonato Brasileiro – 32ª rodada
Local: Estádio Durival Britto, em Curitiba (PR)
Data: 04/11/2018 (domingo)
Horário: 16h (da Bahia)
Árbitro: Raphael Claus (Fifa/SP) 
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho (Fifa/SP) e Rogerio Pablos Zanardo (SP). 
Assistentes adicionais:  Thiago Duarte Peixoto (SP) e Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (SP) 
Cartões amarelos: Leandro Vilela e Alesson (Paraná);Aderllan , Arouca, Ruan Renato e Marcelo Benítez (Vitória); 
Cartão vermelho: Rhayner (Vitória).
Gols: Alex Santana (Paraná); Léo Ceará (Vitória).

Paraná:  Richard; Wesley Dias,Jesiel, René Santos (Mansur) e Igor; Leandro Vilela, Jhonny Lucas (Alesson) e Alex Santana; Juninho (Silvinho), Andrey e Rafael Grampola. Técnico: Dado Cavalcanti.

Vitória: Ronaldo; Ramon, Ruan Renato (Yago), Aderllan e Marcelo Benítez;  Léo Gomes, Arouca e Rodrigo Andrade (Neilton); Lucas Fernandes, Erick (Maurício Cordeiro) e Léo Ceará. Técnico. Paulo Cézar Carpegiani.

Fonte: bahianoticias.com.br/esportes


 

Todo Direito Reservado a AP-STUDIO PRODUÇÕES E EVENTOS

Trav. Afranio Peixoto 32C - Auto da Cruz
Camaçari - BA
CEP: 42808-070

71.3040-4147
diretoria@camacarifm.com.br